Bronzeamento Artificial:bom ou ruim?

Spread the love

Com a chegada do Verão, o bronzeamento ideal é a cor dos sonhos, mas
muitas mulheres recorrem ao bronzeamente artificial para agilizar o processo.

O bronzeamento artificial é feito numa câmara de bronzeamento artificial e
promove o resultado de um bronzeamento natural ao sol, com a pele dourada.
No entanto, o bronzeamento causa muitos riscos para saúde, principalmente se
for feito com frequência, pois também contém raios UVA e UVB. Os problemas
aparecem ao longo do tempo, mas acontecem acidentes e pode ocorrer
inclusive queimaduras.
Alguns danos são irreversíveis como:
 Manchas de queimadura na pele
 Queimar órgãos
 Câncer de pele
 Envelhecimento precoce
 Problemas nas córneas, afetando a visão
 Perda de elasticidade
 Rugas
 E muito mais…
Há , atualmente, opções mais seguras para um aspecto bronzeado sem agredir
a pele, como o Bronzeamento a Jato e cremes ou spray autobronzeadores.


Ambas opções são pigmentos, como tinta, que se fixam na pele e não
transmitem irradiação ultravioleta.
É importante fazer testes para descartar uma possibilidade de reação alérgica
a tinta antes de usar o produto.
Os dermatologistas sempre pedem muita cautela, pois alguns procedimentos
podem colocar a vida em risco a curto ou longo prazo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *